Luteranos em Contexto



ID: 2650

Jardins de Lutero

Jardim de Lutero - Casa Matriz de Diaconisas a
Jardim de Lutero - Casa Matriz de Diaconisas b
Jardim de Lutero - Casa Matriz de Diaconisas
Jardim de Lutero - Comunidade Apóstolo Pedro de Jaragua
Jardim de Lutero - Comunidade Bom Pastor Joinville
Jardim de Lutero - Comunidade Bom Retiro do Sul
Jardim de Lutero - Comunidade de Canoinhas - fonte IECLB Canoninhas
Jardim de Lutero - Comunidade de Canoinhas b - fonte IECLB Canoninhas
Jardim de Lutero - Comunidade de Irineópolis - Canoinhas - fonte IECLB Canoinhas
Jardim de Lutero - Comunidade de Isabel Alto
Jardim de Lutero - Comunidade de Rio Negrinho
Jardim de Lutero - Comunidade Martim Luther de Jaraguá
Jardim de Lutero - Comunidade Rio Novo
Jardim de Lutero - Comunidade São Lucas de Jaraguá
Jardim de Lutero - Lar Ebenezer - fonte Jornal O Caminho
Jardim de Lutero - Paróquia Litoral Nordeste
Rosa de Lutero - Chiapetta-RS
Jardim de Lutero - Sínodo Nordeste Gaúcho - Igrejinha
Jardim de Lutero - Sínodo Sudeste
Jardim de Lutero - Vale do Iguaçu - fonte Jornal o Caminho
Jardim de Lutero - Wittemberg - então Pastor Presidente Altmann com representante Igreja de Zambia
Jardim de Lutero em Wittenberg - fonte luthergarten.de
Jardim de Lutero em Wittenberg - plantio árvore da IECLB - fonte luthergarten.de
Jardim de Lutero em Wittenberg b - fonte luthergarten.de
Jardim de Lutero em Wittenberg c - fonte luthergarten.de
Jardim de Lutero em Wittenberg d - fonte luthergarten.de
1 | 1
Ampliar

No dia 20 de setembro de 2008, o presidente da Federação Luterana Mundial, Rev. Mark Hanson, lançou a pedra fundamental do Jardim de Lutero (Luthergarten) na Alemanha, em Wittenberg, cidade onde nasceu a Reforma. Na ocasião, o Bispo Hanson afirmou que o Jardim é expressão concreta da declaração da FLM de que “Confessamos uma única igreja, santa, católica e apostólica, com o objetivo de servir a unidade da Igreja.” Para ele, trata-se de um “jardim, algo permanente, mas ainda não finalizado, que estará em constante crescimento, simbolizando a vitalidade da Reforma e sua influência em todo o mundo”. O objetivo é enfatizar a importância ecumênica da comemoração dos 500 anos e reforçar as relações ecumênicas.

O Jardim de Lutero deverá conter 500 árvores, representando os 500 anos da Reforma (1517-2017), em nove fases de construção. A IECLB tem uma árvore (nº 156) que a representa neste jardim. Trata-se de uma Prunus padus – Traubenkirsche, plantada em 18 de julho de 2010 pelo então Pastor Presidente Walter Altmann, sob a palavra bíblica do Salmo 24.1 “Ao Senhor pertence o mundo e tudo que nele existe; a terra e todos os seres vivos que nela vivem são dele”.

Na IECLB a ideia tomou forma através de várias iniciativas sinodais, com a distribuição de mudas e incentivo de criação de jardins em cada Comunidade evangélica de confissão luterana. Veja algumas iniciativas.
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Como um perfume que se espalha por todos os lugares, somos usados por Deus para que Cristo seja conhecido por todas as pessoas.
2Coríntios 2.14
REDE DE RECURSOS
+
A misericórdia de Deus é como o céu, que permanece sempre firme sobre nós. Sob este teto, estamos seguros, onde quer que nos encontremos.
Martim Lutero
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br