Gestão eclesiástica sinodal

Cuidar bem do bem da IECLB no sínodo

A gestão sinodal acontece a partir dos consensos construídos na Assembleia Sinodal, composta por representantes de comunidade, paróquia, setores, ministros e ministras em atuação no Sínodo.

As demandas administrativas chegam à Assembleia Sinodal via Conselho Sinodal e as demandas ministeriais via Pastor/a Sinodal. As demandas administrativas geralmente são processadas por uma secretaria executiva sinodal antes de serem encaminhadas à Diretoria Sinodal que, ou as atende, ou as encaminha ao Conselho Sinodal. Este avalia e atende a demanda de sua competência e encaminha à Assembleia Sinodal o que é compromisso dessa.

Encaminhamentos de Assembleia são válidos para todas comunidades, paróquias, setores, ministros e ministras em atuação no Sínodo e não podem conflitar com os encaminhamentos da Direção nacional da IECLB.

O Sínodo conta com o apoio e a assessoria das instâncias nacionais, que viabilizam, p.ex., recursos missionários emergenciais ou adicionais e habilitam bacharéis em Teologia para o exercício do ministério na IECLB.

As gestões ministerial e administrativa sinodal têm competências específicas e complementares. Por isso atuam em sincronia.

***Aqui tem mais:
 Guia para o Presbitério, Manual de Estudos, Série Educação Cristã Contínua, Editora Sinodal




 

GESTÃO
+
Um cristão é um ser alegre, mesmo que passe pelo maior desgosto, pois o seu coração se alegra em Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br